AUTO ESCOLA 1
 PROPIAUI
TCE

TCE-PI manda 29 prefeitos suspenderem pagamentos a empresa de testes da COVID-19

São João do Piauí está entre as 29 prefeituras

16/06/2020 16h13
Por: Redação
Fonte: Portal Sanjoanense

Em decisão do dia 12 de junho, o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Piauí, Jaylson Fabianh Lopes Campelo, determinou que 29 municípios suspendam pagamentos para a empresa Ronaldo A da Silva, mais conhecida como Prodlab Produtos Laboratoriais, após ter sido constatada fraude em licitação realizada pela Prefeitura de Picos, para o fornecimento de testes rápidos da covid-19. Todas as licitações chegam a R$ 1.316.950 milhão.

A decisão atinge as prefeituras do municipios de: Acauã, Alvorada do Gurguéia, Arraial, Baixa Grande do Ribeiro, Belém do Piauí, Bocaína, Bom Jesus, Campo Grande do Piauí, Elizeu Martins, Francisco Macêdo, Fronteiras, Ipiranga do Piauí, Isaías Coelho, Júlio Borges, Landri Sales, Massapê do Piauí, Monsenhor Hipólito, Picos, Redenção do Gurgueia, Santana do Piauí, Santo Antônio do Lisboa, São João da Canabrava, São João do Piauí, São José do Peixe, São José do Piauí, São Luís do Piauí, Sebastião Leal, Sussuapara e Uruçuí.

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São João do Piauí nos mandaram a seguinte nota e anexo:

“O TCE identificou fraude nos documentos apresentados pelas empresas no processo de cotação de preços para aquisição de testes rápidos para COVID 19 na cidade de Picos, ou seja, um suposto vício de responsabilidade das empresas. Assim, o TCE notificou a todos os municípios em que têm processo administrativo para a aquisição de testes com a empresa em questão. Ainda que a Secretaria Municipal de Saúde de São João Piauí tenha um processo de aquisição de testes com tal empresa, a compra não foi efetuada em razão de aquisição de testes através de doações do Governo Estadual e de parcerias com empresas que atuam em grandes obras em nosso município. Ou seja, não se efetuou compra, logo não há reparo a fazer a administração publica.”