PROPIAUI
AUTO ESCOLA 1
Repúdio

Padre Geraldo se manifesta sobre o decreto do prefeito de São Fco de Assis do Piauí que cita situação de estiagem.

Declarou a existência de situação anormal provocada por ESTIAGEM e caracterizada como Situação de Emergência no Município.

13/06/2020 16h33Atualizado há 4 semanas
Por: Redação
Fonte: Portal Sanjoanense
Rede Globo de Televisão
Rede Globo de Televisão

O ano de 2020 foi um dos mais chuvosos no interior do estado do Piauí, as redes sociais e os meios de comunicações mostram muitas cenas de açudes sangrando, estradas sendo quebradas pela força da água, reservatório com mais de 30 anos construído chegando ao seu volume máximo pela primeira vez nas regiões Serra da Capivara e Vale do Canindé.

E mesmo com toda essa abundância de água onde podemos ainda encontrar a mata verde, águas acumuladas em reservatórios de todos os portes e por todos os lugares, o prefeito Josimar João de Oliveira, de São Francisco de Assis do Piauí, declarou a existência de situação anormal provocada por ESTIAGEM e caracterizada como Situação de Emergência no Município.

Veja as algumas das considerações:

Considerando que ocorreram poucas chuvas e ocasionais no Município de São Francisco de Assis do Piauí-PI, provocando, assim, a redução drástica dos mananciais existentes e que a água coletada é insuficiente para suprir a demanda das famílias;

Considerando que como consequências deste desastre resultaram danos humanos, matérias e ambientais, bem como prejuízos econômicos e sociais;

Considerando que tais fatos refletem diretamente de forma negativa na economia do Município de São Francisco de Assis do Piauí-PI, onde· prepondera a atividade agropecuária e atividade agrícola familiar;

Considerando que os recursos financeiros do Município de São Francisco de Assis do Piauí-PI não são suficientes para prestar socorro às famílias atingidas pela SECA, na plenitude das necessidades;

Considerando finalmente que tal conjuntura impõe ao Governo Municipal adoção de medidas urgentes.

Quem se mostrou indignado com a situação foi o padre Geraldo, pároco da cidade que em uma rádio local fez uma dramatização para mostrar seu repúdio ao decreto.

CONFIRA O ÁUDIO:

O Decreto nº. 017/2020 foi assinado em 22 de maio de 2020 e publicado no Diário Oficial dos Municípios no dia 25 do mesmo mês. CLIQUE AQUI e confira.