AUTO ESCOLA 2a
AUTO ESCOLA 1
Política

Banco do Nordeste troca presidente após pressão do PL

Presidente do partido ficou insatisfeito ao saber que banco tem contrato com organização liderada por filiado ao PT e exigiu mudança

30/09/2021 22h15
Por: Redação
Fonte: R7 - Augusto Fernandes, do R7, em Brasília

O Conselho de Administração do Banco do Nordeste decidiu exonerar o presidente da instituição, Romildo Rolim, nesta quinta-feira (30). A decisão acontece dias após o presidente do PL, o ex-deputado federal Valdemar Costa Neto, pedir a destituição de Rolim diante das revelações que a instituição financeira mantém um contrato de R$ 600 milhões com uma organização da sociedade civil de interesse público (Oscip) desde 2003.

Rolim estava à frente do banco desde 2018 e, no ano passado, teve a sua recondução para a presidência da instituição apoiada por Costa Neto. O político se irritou com as informações sobre a parceria entre o banco e a organização depois de receber um vídeo do presidente Jair Bolsonaro informando que a Oscip em questão é liderada por uma pessoa filiada ao PT.

Costa Neto, então, exigiu o afastamento de Rolim. A pressão surtiu efeito e o Conselho de Administração do Banco do Nordeste nomeou Anderson Aorivan da Cunha Possa como presidente interino.

Em um comunicado emitido nesta quinta, o banco apresentou o currículo do presidente interino, que é funcionário de carreira da Caixa Econômica Federal e estava à frente da Diretoria de Negócios do BNB desde 3 de agosto de 2020. Ele acumulará as duas funções até que um novo presidente seja nomeado. Costa Neto deve indicar para o posto o engenheiro Ricardo Pinto Pinheiro.  

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.