Segunda dose vacina
Internacional

Veja as imagens que são destaque neste sábado (17)

Fotógrafos registraram residentes entre os destroços provocados pelas inundações na Bélgica, atos em Cuba e mais

17/07/2021 14h20
Por: Redação
Fonte: R7

Residentes entre os destroços depois que fortes chuvas causaram inundações em Pepinster, na Bélgica. Pelo menos 20 pessoas morreram no país em decorrência da tragédia

Milhares de manifestantes se reúnem em Havana em ato de apoio ao governo cubano, com a presença do ex-presidente Raúl Castro e do atual presidente Miguel Díaz-Canel. O encontro ocorre uma semana depois que os cubanos saíram às ruas para protestar contra a carência de alimentos e a falta de vacinas contra a covid-19

População deposita flores durante cerimônia de luto no local da queda do avião MH17, no leste da Ucrânia, no sétimo aniversário do desastre. O acidente ocorreu em 17 de julho de 2014 e resultou na morte de todos os 283 passageiros e 15 tripulantes a bordo

Um motorista de carro pode ser visto no espelho retrovisor ao receber uma dose da vacina contra a covid-19 em um estacionamento em Berlim, na Alemanha. O Senado de Saúde da cidade está oferecendo, por um período de seis meses, a possibilidade de ser imunizado em situação de drive-in e walk-in em um estacionamento da loja de móveis sueca IKEA, no bairro de Luchtenburg 

Cabras à venda como animais de sacrifício são vistas em um mercado de gado improvisado antes do festival muçulmano Eid Al-Adha em Chennai, na Índia. No evento, celebrado a cada ano, os muçulmanos abatem um animal de sacrifício e dividem a carne em três partes: uma para a família, uma para amigos e parentes e outra para os pobres e necessitados

Opositores do presidente dos Camarões, Paul Biya, protestam contra a sua presença em Genebra, na Suíça, em frente à polícia de choque. Os camaroneses acreditam que as estadias frequentes de Biya custam muito dinheiro aos cofres públicos e consideram inaceitável os gastos do chefe de Estado

Pessoas se aglomeram na pirâmide do Louvre, em Paris, durante uma manifestação anti-vacinação contra a covid-19. Em um recente comunicado na TV, o presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou que, devido ao aumento de casos da variante Delta, o país irá estender o uso do passaporte de vacinação para locais culturais, restaurantes e outros estabelecimentos