Sociedade

Luta contra o câncer de sanjoanense é destaque na imprensa da Capital

Venceu o câncer de mama duas vezes em 10 anos

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

No último domingo, dia 06, em Teresina foi realizada a 13ª edição da corrida e caminhada rosa promovida pela Fundação Maria Carvalho Santos, um evento em prol do combate ao câncer de mama e a história de luta contra o câncer de mama de Jesuína Damasceno chamou a atenção da equipe de reportagem do Piauí de um dos maiores portais de noticia do Brasil, GP1. Veja a matéria:

Aposentada vence o câncer de mama duas vezes em 10 anos e funda ONG para ajudar pacientes

Jesuína Damasceno participou da caminhada rosa, neste domingo, em Teresina, e diz que é prova viva de que o diagnóstico precoce é decisivo para a cura do câncer de mama.

Em dez anos, a enfermeira aposentada Jesuína Damasceno conseguiu duas vezes a cura do câncer de mama e diz o que foi decisivo para conseguir vencer a batalha contra a doença: o diagnóstico precoce. Hoje, ela mantém uma ONG em São João do Piauí, cidade que fica a 450 km de Teresina. Neste domingo (6), Jesuína participou em Teresina da 13ª edição da corrida e caminhada rosa promovida pela Fundação Maria Carvalho Santos, e diz que é o exemplo vivo de que é possível vencer a doença.

“Sou a prova viva, porque estou aqui vitoriosa da luta contra o câncer de mama, que já vivenciei duas vezes e a doença me mostrou que desde que você esteja atenta, com o diagnóstico precoce, descobrindo no início, a cura é possível em 95% dos casos”, declarou.

A primeira vez que Jesuína descobriu o câncer de mama foi em 2004, aos 40 anos. Dez anos depois, descobriu um nódulo na outra mama. O tratamento, segundo ela, foi muito difícil, mas o fim foi recompensador.

“O tratamento é difícil, árduo, doloroso, não é fácil. Eu diria que é como uma rosa. Tem espinhos, mas no fim tem as pétalas e seu perfume. O tratamento é dificílimo, mas precisamos compartilhar que passar por isso com apoio da família, amigos e da sua equipe médica, é possível”, disse ela, que hoje preside a Associação em Educação e Saúde da Mama Jesuína Estrela (Amajes).

Desde que foi criada, a associação já possibilitou mais de 3 mil exames de mamografia na região. Ao todo, 17 mulheres conseguiram, assim, obter a cura da doença. Infelizmente, no período, houve também dois óbitos em decorrência do câncer de mama. Em todo o Piauí, este ano, a Fundação Maria Carvalho Santos informou que pelo menos 480 mulheres já foram diagnosticadas com a doença.

Importância do exame

Para divulgar a importância da mamografia para a cura da doença, cerca de 11 mil pessoas se uniram, assim como Jesuína, neste domingo (6), em Teresina, para correr e caminhar em prol da divulgação de informações que possibilitem um índice cada vez maior de cura para o câncer de mama.

Logo às 7h, uma longa fila se formou sob a ponte Estaiada, na Avenida Raul Lopes, Zona Leste de Teresina, onde foram distribuídas 1200 senhas para as mulheres com idades entre 40 e 69 anos. As senhas deram direito à realização de exames de mamografia ao fim da caminhada, que iniciou sob a ponte e seguiu até um shopping localizado na mesma avenida.

De acordo com o médico mastologista Luiz Ayrton, presidente da Fundação, o exame será conferido por uma junta médica e, caso alguma alteração seja detectada nas mamas de alguma mulher, ela será encaminhada para o tratamento.

A quem não conseguiu fazer seu exame na ocasião, ele orientou: “A paciente deve buscar seu posto de saúde, agendar a consulta e o médico pede o exame que é analisado. O sistema público funciona muito bem, com boa qualidade em Teresina, nosso problema ainda é o interior”, disse ele.

A realização do exame é de suma importância para a detecção de um câncer ainda no início, quando o nódulo possui menos de 1 cm.

zuina_gp1-1 zuina_gp1-2 zuina_gp1-3

Por Murilo Lucena e Maria Romero, G1 PI

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Tags

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close