BlogsJunior Lopes

Somos sempre separados pelas eleições

Devemos deixar que os candidatos travem suas batalhas

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O que nos uni como brasileiros? O simples fato de sermos brasileiro só por nascer no Brasil não é o bastante para nos unir quando se trata de eleições, falo de eleição e não de política, que podemos encontra o verbete que diz Política é a arte ou ciência da organização, direção e administração de nações ou Estados; então não é o que praticamos quando nos dividimos dois grupos, os que acreditam que as coisas vão melhorar e os que torcem e praguejam para tudo dá errado para exercer o simples prazer de dizer “Eu avisei”.

Só em exercermos o direito de optar por um candidato já nos afastam, já diminui o nosso afeto por outras pessoas, somos rejeitados, perdemos emprego, ganhamos inimizade de pessoas que nem mesmo nos conhece e de pessoas que acreditamos conhecer.

Durante o período eleitoral são tantas farpas trocadas por eleitores, alguns querendo mostrar serviços nas redes sócias para prefeitos, governadores, secretários, praticando politicagem não para defender o que acreditam, mas para garantir seu emprego.

Outros são somente massa de conduta, os “Maria vai com as outras”, nada sabem e mesmo assim dizem algo, não por ser o que acreditam, mas por  ver alguém dizer.

 

Temos ainda os revoltados radicais, que podem está se afogando no mar, mas se o grupo político adversário disser isso, eles morrem dizendo que não estão se afogando não, estão no deserto.

E uma minoria está ali defendendo no que acreditam mesmo, esses são menos agressivos, evitam o conflito com membros dos grupos a cima. Pois sabem que mesmo sustentados por fatos irrefutáveis, não vai conseguir convencê-los.

E fora desta briga, destes debates, assistindo de longe, para nada respingar neles, estão os mais beneficiados com os resultados das eleições. Os candidatos, os que deveriam ser políticos.

Como a política é a arte ou ciência da organização, direção e administração de nações ou Estados e a maioria desses praticam a arte ou ciência de organizar suas vidas e da sua família com os cargos eletivos, não podem ser chamados de políticos.

Ou seja, em quanto os piões estão sendo movimentados para perder amizades, ofender pessoas que sempre estiveram ao seu lado, se distanciarem dos familiares, os que vão assumir os cargos estão traçando alianças com aquelas figuras do processo eletivo que está sendo hostilizados por seus próprios eleitores.

E de repente você ver seu candidato no mesmo palanque de quem tanto você denegria nas redes socais, eles estão ali juntos no poder e você na função de pau mandado para não perder o emprego, a boquinha, e ainda tendo de mudar sua posição sobre aqueles que você os pintava como satanás, passando a ser santos nas suas postagens.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Tags

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close